FILMES exibidos nesta edição

AS MINAS DO RAP 
[Juliana Vicente, 2015, 14', DOC, SP]

SINOPSE: No Brasil, as mulheres tardaram a entrar no cenário do rap, e até hoje são raros os grupos ou artistas individuais que alcançaram destaque em suas carreiras. O documentário entrevista mulheres ligadas ao hip hop, abordando o histórico feminino dentro do movimento e dando voz a artistas como Negra Li, MC Gra e Karol Conká.

BEATITUDE 
[ Délio Freire, 2015, 15', FIC, ES] 

SINOPSE: Releitura do mito de Anastácia, a escrava divinizada pela cultura afro-brasileira. A jovem Anastácia, uma das mulheres responsáveis pela confecção de panelas de barro em Goiabeiras, é vista pelo orixá Ajalá. Apaixonam-se. O amor dos dois vai causar a alegria em uns deuses e a ira em outros. Esse amor perfeito irá resultar numa comunhão divina entre homens e deuses, mostrando que todo homem e toda mulher é uma divindade através da realização de seu trabalho no dia-a-dia.

Contato Filmes - SÉRIE EDUCAÇÃO E CIDADANIA  (Episódio "Africanidade") 
[Helder Quiroga, 2016, 6'25", Seriado Doc, MG]

A ONG Contato realizou um projeto denominado “Contato Filmes – Educação e Cidadania” que é uma iniciativa voltada ao aprimoramento e modernização os conteúdos educacionais audiovisuais destinados a formação da juventude. Foram realizadas 10 micronarrativas dedicadas ao complemento do conteúdo didático, estimulando um maior envolvimento com os temas abordados em sala de aula e a sua relação na formação de um olhar crítico, vocacionando a cidadania do século XXI. No episódio denominado "Africanidade" a proposta foi de resgate da herança afrobrasileira e seus dilemas frente a negação brasileira ao racismo. A constante negação da sociedade brasileira ao seu racismo é o tema do episódio “Africanidade”. A abolição da escravatura em 1888 rompeu ou iniciou o processo de discriminação racial no Brasil? A partir de uma análise sobre a origem do preconceito e da desigualdade de oportunidades, é levantada a necessidade do resgate da cultura africana na formação do povo brasileiro.

COROAS 
[ Isaac Donato e Marília Cunha, 2015, 14', DOC, BA] 

SINOPSE: Na maré baixa, pés no mangue. Na maré alta, muito samba no pé. O documentário "Coroas" retrata o cotidiano das marisqueiras e pescadores da terceira idade. O filme revela as tradições orais da cultura afro-brasileira, através do "Voa Voa Maria", grupo de samba de roda da Ilha de Vera Cruz, na Bahia.

DANDARAS- A Força da Mulher Quilombola
[ Ana Carolina Fernandes, 2015, 30’ 09”, DOC, MG] 

SINOPSE: DANDARAS - a força da mulher quilombola’ é um vídeo que tem o objetivo de apresentar as trajetórias e o engajamento de mulheres quilombolas que atuam como lideranças políticas de suas comunidades e do movimento quilombola como um todo. Quais serão os discursos destas mulheres sobre suas trajetórias? Busca-se a partir dos pontos de vista de algumas destas lideranças conhecer os motivos que as levaram a ocupar estas posições e aqueles que as fazem permanecer na luta. Realizadoras: Ana Carolina e Amaralina Fernandes

DANDARAS- A Força da Mulher Quilombola
[ Ana Carolina Fernandes, 2015, 30’ 09”, DOC, MG] 

SINOPSE: DANDARAS - a força da mulher quilombola’ é um vídeo que tem o objetivo de apresentar as trajetórias e o engajamento de mulheres quilombolas que atuam como lideranças políticas de suas comunidades e do movimento quilombola como um todo. Quais serão os discursos destas mulheres sobre suas trajetórias? Busca-se a partir dos pontos de vista de algumas destas lideranças conhecer os motivos que as levaram a ocupar estas posições e aqueles que as fazem permanecer na luta. Realizadoras: Ana Carolina e Amaralina Fernandes

ÈGUN 
[Helder Quiroga, 2015, 12’37”, FIC ANIM, MG] 

SINOPSE: Égun é um filme de curta metragem de animação que busca estabelecer um diálogo entre a linguagem poética e o cinema. O filme conta a história de um pescador na busca por compreender os fatos que levaram a morte de seu pai abordando a relação entre a condição sociocultural de moradores de uma comunidade litorânea e a tradição espiritual afro-brasileira do Candomblé.

ESTETICA DA MEMÓRIA 
[Cristiano Rato, 2011, 5'20", VideoPoesia, MG] 

SINOPSE: Movimentos corporais criaram-se forma para resistir ao esquecimento completo da memória da favela. Junto à nova narrativa da história, a memória necessita de veias para fluir. A comunicação reside nos processos de transmissão e preservação dos conceitos simbólicos , assim, exerce através de seus atos de construção e desconstrução do real um papel de difusor da memória coletiva.

FUTEBOL E SONHOS 
[ Fábio Marcelino e Sergio Vilaça, 2014, 22'23'', DOC, MG] 

SINOPSE: Os times infantis comandados por Robertão (Santa Lúcia) e João Baiano (Bonfinense) se enfrentaram na Barragem Santa Lúcia, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, em partida válida pelo campeonato amador da categoria. Seria mais um jogo de várzea entre garotos, no entanto, é muito mais que isto. É um embate entre a dificuldade e o sonho. A perspicácia e o desânimo. A solidariedade e alteridade. Estes dois fazem muito mais que ajuntar garotos e propor um mero passatempo ou distração. Com muita bravura e dedicação, eles se entregam em uma árdua tarefa para que estas crianças possam alimentar as suas almas com um dos maiores sustentáculos do homem: o sonho. É entrega, suor e coração.

MOVIMENTO NEGRO E CULTURA RASTAFARI
[ Thiago Carvalho, 2011, 7'20", DOC, MG] 

SINOPSE: O filme busca retratar um recorte da história da música reggae e o modo como a cultura Rastafari foi apropriada por diferentes pessoas, dando continuidade aos seus aspectos até os dias atuais. Através dos depoimentos de artistas mineiros o filme revela de modo geral a relação destes com a cultura negra ancestral e suas influências.

O PORTO AINDA SAMBA
[Ana Paula Pereira, Bia Marques, Eduardo Ferrera, Francisco de Assis Duarte, Hilanna Andrade, Israel Araújo, Márcia Alves, Nico Silva, Pamuke Mbiyavanga Mbunma, Victor Porciúncula, 2016, 20', DOC, RJ] 

SINOPSE: A resistência do Samba na Pequena África. Interseções das histórias da ocupação da região portuária, com o surgimento do Samba no Rio de Janeiro, os blocos de rua e a Vizinha Faladeira.

ONÁ
[ CRUA - Coletivo Criativo de Rua, 2014, 5', FIC, RJ] 

SINOPSE: Um poeta realiza uma oferenda à Exu, mensageiro entre Orún e Aye, afim de libertar os caminhos da sua raça que até hoje sofre com um preconceito cultural e estético.

TEMPOCIDADE 
[Marcos Donizetti, 2011, 5'40", VideoPoesia, MG] 

SINOPSE: O filme coloca em pauta a tríade tempo, cidade e arte. Mostra o artista no meio da multidão, a provocação sobre a ocupação do espaço público e sua ressignificação.